Siga por Email

sexta-feira, 9 de março de 2012

O que diz Milena Pieroni, do blog Livros na Cabeça

Resenha: "Por Linhas Tortas"


Classificação: 4/5
Editora: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Autor: Cynthia França
Ano: 2011
Páginas: 328
ISBN: 9788576795384

Por Linhas Tortas conta uma história de amor e de superação. A história da mulher que compreendeu a importância de assumir a sua individualidade e as rédeas do seu destino. Tímida e introspectiva, Ester conhece cedo o amor da sua vida e acredita que, com ele, será feliz para sempre. Até que a vida a surpreende com um fato inesperado, e ela percebe que não pode vagar pelo mundo como uma sombra, à mercê das adversidades que nos espreitam em todos os lugares. Decidida a mudar, ela dá uma guinada em sua vida e se lança em uma jornada, sinuosa e ao mesmo tempo delicada, em busca de si mesma.
"Por Linhas Tortas" conta a história de Ester, uma mulher que desde sempre preferiu ficar sozinha, com seus próprios pensamentos, do que rodeada de pessoas. Melhorando um pouco mais, Ester era uma mulher daquelas que prefere ficar em casa, ir a algum lugar calmo e tranquilo, ler um bom livro, observar o pôr-do-sol do que ir a uma festa ou a alguma balada. É então, quando entrou na faculdade de Direito, que Ester conheceu aquele que ela acreditava ser seu único e verdadeiro amor. Ester então se casa com ele e viviam felizes, até que uma tragédia faz com que Ester mude totalmente o rumo de sua vida.

Não posso contar mais da história, porque senão daria muitos detalhes e para mim, cada detalhe nessa obra é crucial. Cynthia nos conta a história de maneira tão doce, delicada que eu senti como se a própria Ester estivesse do meu lado, me contando a história e me contando sobre tudo aquilo que ela passou em sua vida até então. "Por Linhas Tortas" conta para nós a história de uma mulher sonhadora, mas com os pés no chão, uma mulher que passou por tristezas na sua vida, mas que mesmo assim, não se deixou abater e como a própria sinopse do livro diz, uma mulher que aprendeu a tomar as rédeas de sua própria vida. Não diria destino, porque para mim destino é uma coisa que não se pode controlar.

Algumas coisas no livro podem deixar o leitor um pouco confuso, como a falta de apresentação de alguns personagens e a falta de travessões em algumas partes, mas nada que comprometa o curso da história ou o entendimento do leitor. O livro não é separado em capítulos, mas como disse antes, nada que comprometa a leitura, pois lendo o livro, também achei desnecessária a separação da história em capítulos.

Resumindo, um livro leve, doce e encantador!


http://livrosnacabeca.blogspot.com/2012/03/resenha-por-linhas-tortas.html?spref=fb

Nenhum comentário:

Postar um comentário